Antiga Promessa

16/09/2013

Quanto tempo já passou?
Quantas histórias já vivi?
E mesmo assim o vazio não passou,
As feridas se fecharam, mas a dor prevalece,
A promessa se fortalece.
 
A coisa mais idiota que possa ser,
Mas eu te dei minha palavra aquele dia,
Fiz uma promessa como nunca tinha feito antes,
E mesmo depois de anos ela continua em mim,
Viva em meu coração, impedindo qualquer ação.
 
Eu prometi que não amaria mais,
E desde então não sei mais o que é amar,
É como uma tatuagem, mas não na pele,
E sim no coração, em minhas entranhas, em minha alma,
Para não mais esquecer tal promessa.
 
Hoje sou um cavaleiro solitário,
Vagando em busca de emoção, ou de algo,
Forte o suficiente para limpar minha alma,
Que eu possa tentar amar novamente,
Pois por mais que eu tente quebrar minha promessa,
O coração insiste em me levar, a escuridão de um lar.
Anúncios

Meu Lar

26/08/2013

Tantas coisas eu quis te dizer,
Mas eu não sabia como escrever,
Tudo que eu queria,
Eu sei bem que eu não devia,
Ter te dito adeus.
 
Tudo que eu aprendi,
De nada me serviu,
Ou você esqueceu quem eu sou,
Um senhor da ilusão,
Pronto para destruir seu coração.
 
Trai a minha solidão,
Fugi do frio que congelou meu coração,
Da escuridão que tanto me acolheu,
Por uma triste esperança,
De ser feliz.
 

“E acredite quando eu digo: seja feliz
Você nasceu pra ser espinho, e eu cicatriz”

Visconde – Penny


Lembranças

23/07/2013

Eu sinto falta de inúmeras coisas,
Coisas que não voltam mais,
Lembranças boas e outras nem tanto,
Pessoas das quais nunca mais eu vi,
Sentimos faltas de tantas coisas.
 
Longe tão longe estamos neste momento,
Seguindo as nossas histórias,
Conversando com desconhecidos,
Pensando um no outro talvez,
Se divertindo como se nada estivesse acontecendo.
 
Sinto saudades de você,
Sentir o seu cheiro, seu corpo junto ao meu,
Até mesmo do cabelo na minha cara,
Quando deitávamos de conchinha,
É como seu eu pudesse lhe ouvir me chamar.
 
Você se foi em um dia frio,
Congelando meu coração para sempre,
Um ano após sua partida aqui estou,
Solitário caminhando por ruas escuras,
Relembrando seus dias de vida.

Partido Coração

07/05/2013

Isso tem sido uma tremenda ilusão,
Eu acreditar que ainda posso sonhar,
Ou muito menos amar,
Meu sangue não consegue mais aquecer,
Meu partido coração.
 
Um dia, sim um dia eu amei,
Um amor tão grande, tão intenso,
Que eu mesmo não achei que fosse real,
Que não passasse de uma paixão,
Que não pudesse me machucar.
 
Hoje eu vivo sempre a chorar,
O sorriso não consegue mais enganar,
A dor é mais forte do que eu,
Tudo que eu mais quero é viver,
Ao menos mais uma vez, ser feliz.
 
O mundo me diz para acreditar,
A vida diz que eu ainda posso amar,
Mas como acreditar em palavras,
Se o meu corpo não para de sangrar, de chorar,
A solidão não me deixa respirar.
 
Eu chego acreditar que eu não mereço,
Não mereço amar, sonhar, ser feliz,
Tudo pelo mal que eu causei,
Tudo pelos males que eu continuo a causar,
O meu coração é negro como a escuridão.
 
Eu me tornei o mal,
Um anjo caído, sem esperanças de voltar,
Sem forçar para me levantar,
Tudo isso, pois eu parti,
Meu coração que um dia amou,
Um dia foi bom.

Desculpa

05/04/2013

Meu amor desculpa,
Você sabe que não é fácil dizer,
E eu sei muito bem que não é fácil esquecer,
Porem eu derrubo o meu orgulho,
Para lhe pedir o seu perdão.
 
Me desculpe por não ti amar,
O quanto você realmente merecia,
Me desculpe por te deixar esperando,
Um SMS de boa noite ou bom dia,
Me desculpe por não ser,
O cara que te fez feliz.
 
Na verdade eu te fiz infeliz,
Brigas entre nos eram constantes,
Crises de ciúmes e pirraça,
Fez nosso amor abalar,
Pior, eu te fiz chorar.
 
Quando você foi embora,
Eu cai na real, acordei para o mundo,
E percebi que te perder dói,
Dói tanto que me fez chorar,
Enquanto lembrava nos dois juntos.
 
O perdão é uma dádiva,
Um dom de Deus aos homens,
Perdão por demorar tanto para acordar,
Se ainda for possível,
Me desculpe por tudo que te fiz passar.

Atordoado

02/02/2013

Este sorriso eu não conheço mais,
Na verdade há muito tempo que eu não sei,
Quem é este no espelho,
Confuso, perdido, desorientado,
Marcado por toda essa solidão.
 
Isso não tem mais volta,
Agora só me resta prometer e acreditar,
Que tudo isso não irá durar para sempre,
Pois um dia meu coração não vai bater mais,
E a morte vai se encarregar da minha paz.
 
Estou escrevendo com uma navalha em meu peito,
Tudo do qual eu não posso mais esquecer,
Tudo onde eu um dia quis chegar,
Meu coração escureceu um retrado barato,
Do que jamais deveria ser.
 
Lá é tudo onde eu gostaria de estar,
Disposto a lhe fazer me amar,
Mas está não é a minha posição no momento,
Nesta dor estou pronto para partir, para esquecer,
Um adeus que eu não falei.
 
Eu não consigo mais esconder ou disfarçar,
Com meus olhos vermelhos,
Meu coração não sabe o que é estar em paz,
Tão só eu clamo por amor,
Pelo seu único e verdadeiro amor.

Espelho

22/12/2012

Sinto que minha alma está incompleta,
Eu realmente não sou daqui,
Andar no escuro me faz ver,
Que eu nasci sem rumo,
Sem uma luz que eu possa seguir.
 
Nesta caminhada eu causei muitas cicatrizes,
Sou um espinho a caminhar,
Destruindo todos aqueles,
Que se quer tentam se aproximar,
No espelho eu vejo um rosto sem paz.
 
Um dia eu amei tanto alguém,
Que minha alma lá ficou,
Me perdi na escuridão,
Congelei o meu coração,
E me tornei o Senhor Ilusão.
 
O mundo não é perfeito e nem eu,
Tudo que eu mais queria era amar,
Mas minha vida procura a solidão,
Por que eu ainda ouço o som da tua voz,
Ecoando no porão da minha alma.